image

Argireline® no Prolongamento da Toxina Botulínica

Esse não é novo, mas é muito solicitado em minhas aulas. E o melhor, está disponível na íntegra para lermos e tirarmos nossas conclusões.



A pergunta que não quer calar é: Usar creme com Argireline® prolonga o efeito da toxina botulínica?



Primeiro vamos relembrar o mecanismo do Argireline®. Ele é um peptídeo, mais especificamente o Acetyl Hexapeptide-8 que possui uma propriedade (segundo o fabricante) de inibir a liberação de acetilcolina na fenda sináptica e com isso evita a contração muscular. Ele consegue fazer isso graças a sua capacidade de se ligar em proteínas de um complexo denominado de SNARE, capaz de mandar a acetilcolina para a região onde vai ocorrer a contração muscular. Como o Argireline® “anula” o complexo SNARE, a liberação da acetilcolina não acontece e tampouco a contração muscular.



Neste estudo os pesquisadores avaliaram como promissor o uso do Argireline® para prolongar o efeito da toxina botulínica.



Um ponto importante a se comentar aqui (e espero que alguém me explique) é que foi utilizado 0,005% do ativo, sendo que a concentração usual é de 5 – 10%. Então ficou estranho. Os pacientes que participaram do grupo com o peptídeo aplicaram o creme 2 vezes ao dia.



A conclusão: não houve significância nos resultados obtidos. Portanto, fica minha sugestão para futuros pesquisadores que quiserem usar concentração maiores, testarem o efeito de cremes com 5-10% de Argireline® no prolongamento do efeito da toxina.

E me coloco a disposição para fazer os protótipos e participar do desenho do estudo.



Grande abraço a todos!

Lucas Portilho



Lungu C, Considine E, Zahir S, Ponsati B, Arrastia S, Hallett M. Pilot study of topical acetyl hexapeptide-8 in the treatment for blepharospasm in patients receiving botulinum toxin therapy. Eur J Neurol. 2013 Mar;20(3):515-8. doi: 10.1111/ene.12009. Epub 2012 Nov 12. PMID: 23146065; PMCID: PMC4747634.