image

Melasma vascular e não vascular: Como Tratar?

Não é de hoje que sabemos sobre a relação entre áreas com maior angiogênese e vasodilatação e a maior incidência do melasma.


En Hyung Kim, You Chan Kim, Eun-So Lee e Hee Young Kang já sugeriam em 2007 que o aumento do VEGF (o fator de crescimento que causa mais formação vascular) era um indício de que essa relação era possível.


Esse estudo que recomendo hoje tem dois autores bem controversos (explico porque numa outra oportunidade), mas não podemos deixar de dar crédito a eles pelo trabalho publicado recentemente onde avaliaram em 60 pacientes se um creme com ácido tranexâmico foi mais efetivo contra melasma.


Figura 1. Características vasculares aumentadas são detectadas na pele com melasma (ver seta). Imagem analisado usando o VISIA Skin Analysis System em RBX Modo vermelho (Canfield Scientific, Parsippany, NJ).


A conclusão foi que o creme com tranexâmico foi de longe melhor do que o placebo.


Neste estudo não foi citado o mecanismo pelo qual o efeito foi atingido, mas já sabemos que entre os benefícios do tranexâmico, a inibição do VEGF é um deles. O ácido tranexâmico tem o potencial de inibir um componente chamado de plasmina, que aumenta a vascularização e inflamação da pele. Portanto, os mecanismos moleculares responsáveis pela redução da mancha podem estar relacionados com menor vascularização e menor inflamação.


Outro ponto fraco do estudo é não citar a concentração de tranexâmico usada, mas eu recomendo (baseado em outras publicações) de 5% a 10%.


Lembrando que a permeação do tranexâmico é baixa e ele não é pH dependente. Não queima a pele como ácidos usados em peelings. Use em creme base, pH pode ficar entre 3,5 a 5,5.



1.Kim EH, Kim YC, Lee ES, Kang HY. The vascular characteristics of melasma. J Dermatol Sci. 2007 May;46(2):111-6. doi: 10.1016/j.jdermsci.2007.01.009. Epub 2007 Mar 23. PMID: 17363223.

2.Masub N, Nguyen JK, Austin E, Jagdeo J. The Vascular Component of Melasma: A Systematic Review of Laboratory, Diagnostic, and Therapeutic Evidence. Dermatol Surg. 2020 Dec;46(12):1642-1650. doi: 10.1097/DSS.0000000000002770. PMID: 33252894.

3. Fioranelli M, Jafferany M, Wollina U, Tirant M, Van Thuong N, Lotti T. New local treatments for different types of melasma: Vascular type vs nonvascular type. A randomized polycentric study. Dermatol Ther. 2020 May;33(3):e13300. doi: 10.1111/dth.13300. Epub 2020 Mar 22. PMID: 32157765.