image

Nicolas Hieronimus será novo CEO do Grupo L’Oréal

O Conselho de Administração da L’Oréal se reuniu na última quarta (14), sob a presidência de Jean-Paul Agon. Seguindo as recomendações do Comitê de Nomeação e Governança, o conselho decidiu sobre uma nova governança e um plano de sucessão à frente do Grupo.

Como os estatutos da empresa não preveem nenhuma exceção à idade legal de aposentadoria de 65 anos, Jean-Paul Agon deve transferir suas funções como diretor-presidente antes de julho de 2021. Neste contexto, o Conselho de Administração comunicou a intenção de dissociar as funções de presidente e CEO.

O conselho anunciou sua intenção de renovar o mandato de Jean-Paul Agon como presidente, cargo que ocupa desde 2011, e de nomear Nicolas Hieronimus como CEO. Hieronimus ingressou na L’Oréal há 33 anos e passou toda sua carreira no Grupo, em vários países e divisões. Ele é vice-CEO responsável pelas divisões desde 2017.

Sophie Bellon, Presidente do Comitê de Nomeações e Governança e Diretora independente comentou. “Nosso Comitê tem trabalhado por mais de 18 meses na governança futura da L’Oréal e no plano de sucessão de Jean-Paul Agon como CEO, em uma abordagem para sermos voltados para o futuro, objetivos e exigentes. Depois de estudar os grandes desafios do Grupo para os próximos anos, o Comitê selecionou diversos candidatos, homens e mulheres, com as aptidões e qualidades pessoais para enfrentar com sucesso esses desafios. O Comitê então os entrevistou. Nicolas Hieronimus surgiu como o candidato mais legítimo para suceder Jean-Paul Agon como CEO. Sua nomeação foi, portanto, recomendada ao Conselho, com a total concordância de Jean-Paul Agon”.

“A meu pedido, a Comissão de Nomeações e Governo começou a trabalhar muito cedo, num processo aprofundado de seleção do novo CEO, que conduziu de forma exemplar”, diz Jean-Paul Agon.

Agon afirma que Nicolas Hieronimus é um líder inspirador que possui todas as qualidades necessárias para ser o CEO da L’Oréal. “Sua grande sensibilidade às necessidades e expectativas dos consumidores, seu perfeito entendimento do espírito da época, sua experiência de marketing de beleza em todos os canais, países e categorias, seu conhecimento íntimo das marcas do Grupo e sua capacidade de unir e engajar equipes fazem dele o melhor candidato para liderar a L’Oréal”.

Agon acrescenta que Hieronimus também está perfeitamente preparado para a função, dada uma carreira exemplar de mais de 30 anos dentro do Grupo, com grandes sucessos, principalmente à frente da Divisão L’Oréal Luxo. “Nos últimos três anos, ele desempenhou um papel fundamental ao meu lado como vice-CEO, para motivar nossas divisões operacionais, principalmente no período de crise que atravessamos há vários meses. Ele tem total confiança do Conselho de Administração, e também a minha”.